Opinión

03 de diciembre de 2016, 05:47

Havana (Prensa Latina) O desembarque do iate Granma em 2 de dezembro de 1956, perto da praia Las Coloradas, apesar de adversidades, marcou o impulso vital para a liberdade de Cuba.


San Juan (Prensa Latina) Mesmo para nós, que já somos velhos, é difícil lembrar de uma América Latina que não tivesse a marca de Fidel Castro e da Revolução Cubana.


Por Luis Melián*

Hanói (Prensa Latina) Como pode um povo querer bem ao líder de um outro país tão longínquo? Essa pergunta é fácil de responder quando se trata de Vietnã e Fidel Castro, um símbolo da amizade entre dois países que reduziram a distância geográfica a zero.


Panamá, 27 nov (Prensa Latina) As mensagens chegam desde as pessoas mais singela do Panamá, afastados muitos deles dos palcos políticos, porque todos querem deixar constância de seus sentimentos por Fidel Castro.


San José, 25 (Prensa Latina) Três pessoas mortas é o saldo preliminar da passagem do furacão Otto pela parte noroeste da Costa Rica, informou hoje o Organismo de Investigação Judicial (OIJ).


25 de noviembre de 2016, 10:49Por Mayra Pardillo Gómez*

México (Prensa Latina) No México vivem populações e comunidades afrodescendentes, mas pouco sabe-se delas, caracterizadas pelo que se chama invisibilidade cultural, que provoca a exclusão socioeconômica e portanto a desigualdade.


25 de noviembre de 2016, 10:14Por Luis Beatón *

Caracas (Prensa Latina) Os inimigos da Revolução Bolivariana na Venezuela recorrem ao desabastecimento dos mercados como um instrumento para afetar o apoio da população ao presidente constitucional, Nicolás Maduro, e ao processo de mudanças.


Por Deisy Francis Mexidor
Bloemfontein (Prensa Latina) Diz a doutora Odalys Govín, colaboradora cubana na província sul-africana de Free State, que seu coração está à prova desde que chegou aqui.


Caracas, 16 nov (Prensa Latina) O reconhecimento por setores da oposição de que a Venezuela enfrenta um boicote e sabotagem econômica é hoje um indicativo de que a verdade abre passagem no país.


15 nov (Prensa Latina) O secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, afirmou hoje que espera que Donald Trump entenda a urgência'' e a gravidade da mudança climática e da luta contra este fenômeno.


14 de noviembre de 2016, 12:09Por Adalys Pilar Mireles

Bogotá, 14 nov (Prensa Latina) Publicado integralmente hoje, o novo pacto subscrito entre o governo colombiano e as FARC-EP foi aplaudido nas ruas e recebido com otimismo pela maioria dos setores políticos.